O exame otoneurológico avalia o sistema do equilíbrio, o que inclui o chamado labirinto que fica na parte mais interna da orelha e também é responsável pela estabilidade corporal. Este tipo de investigação deve ser solicitada em casos de instabilidade corporal, vertigem, tontura, zumbido e/ou alterações auditivas. Neste exame, os labirintos são estimulados separadamente por meio, de leves jatos de ar no conduto auditivo externo.

O exame otoneurológico também é conhecido como exame da Labirintite; Vestibular; Vestibulometria; Eletronistagmografia; Vectoeletronistagmografia ou por Nistagmografia Computadorizada.