Sinusite é o processo inflamatório da mucosa  que reveste as cavidades sinusais (cavidades ósseas presentes na face denominadas de “sinus”). Esse processo inflamatório, de uma forma geral, tem origem viral, bacteriano, fúngico, alérgico, ou uma combinação destes fatores. É facilitado pela dificuldade do clearance (limpeza) nasal ocorrer normalmente. Assim, desvios do septo nasal, pólipos, hipertrofia dos cornetos nasais, bloqueios dos orifícios sinusais naturais, e outros, podem contribuir para a não recuperação do paciente portador de sinusopatia (sinusite). Quando não existe a melhora adequada com o tratamento clínico, além deste, é considerada a opção do procedimento cirúrgico (sinusectomia ou sinusotomia, combinada com outras técnicas, as mais variadas).

O objetivo da cirurgia é ampliar e desobstruir os canais naturais de drenagem dos seios paranasais, facilitando sua ventilação e dificultando o acúmulo de secreções, que podem contribuir para a persistência do processo inflamatório sinusal, a sinusite.